Home » Notícias » NOTA DE REPÚDIO DA FENASPEN : AÇÕES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NO ÂMBITO DO SISTEMA PENITENCIÁRIO DO ESTADO DE RORAIMA

NOTA DE REPÚDIO DA FENASPEN : AÇÕES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NO ÂMBITO DO SISTEMA PENITENCIÁRIO DO ESTADO DE RORAIMA

Por: Redação
Publicada em 23/03/2016 às 18:58
Share Button

 

 

A Federação Sindical Nacional dos Servidores Penitenciários/FENASPEN vem a público repudiar as ações dos Gestores da Administração Pública no âmbito do Sistema Penitenciário onde, até o momento, a Governadora Suely Campos não tem nenhuma resposta concreta ou projeto de modernização as condições de trabalho da valorosa Categoria Penitenciária Roraimense. Devido a tanta ociosidade e morosidade nas atitudes, os Servidores Penitenciários deflagraram o movimento “Operação Padrão”, por mais dignidade e respeito por parte da Administração Penitenciária do Estado de Roraima.

A toda sociedade, o que temos a dizer é que esse recurso não seria necessário se os Gestores do Sistema Penitenciário do Estado de Roraima dedicassem à sua gestão um pouco mais de visibilidade à categoria que nesse momento protesta por melhores condições para continuarem trabalhando com dignidade e respeito e esse respeito deveria com certeza ser estendido à população carcerária e aos seus familiares, bem como a sociedade em sua totalidade. Respeito este que é notório faltar, quando vemos o atual sucateamento dos estabelecimentos penitenciários, carente de total estrutura tanto aos trabalhadores quanto aos segregados e a seus familiares. Falta respeito aos Direitos Humanos e a dignidade de quem trabalha nessas unidades.

É necessário que haja movimentos como este para que a situação seja resolvida, pois já passaram mais de 12 (doze) meses e a governadora vem protelando uma decisão contundente, que amenize a bomba-relógio que se tornou o Sistema Penitenciário do Estado de Roraima e a FENASPEN ressalta: Não haveria protesto, paralisação ou mesmo greve se os Servidores não fossem obrigados a trabalhar num ambiente insalubre, hostil e perigoso. Se o Estado está tão preocupado em “resguardar o direito de visitas”, deveria também se preocupar com as condições dignas de recebê-las e salientamos que aos Servidores não interessa impedir a visita como ato isolado, mas sim reivindicar os respectivos direitos para que sejam resguardadas as legislações vigentes.

E que fique bem claro que enquanto a Governadora Suely Campos não cumprir com o seu Dever perante a lei e a sociedade, dessa forma, depende deles para restabelecer a normalidade.

FORÇA E HONRA é o que desejamos aos nossos Irmãos Roraimenses.

FERNANDO FERREIRA DE ANUNCIAÇÃO
Presidente da FENASPEN

Share Button